Livro Resgata 150 Anos de História da Santa Casa

Ao longo da história da saúde no Brasil, nota-se a luta pela sobrevivência do sistema que, desde a colonização, tem nas Santas Casas uma contribuição decisiva para o desenvolvimento da rede hospitalar. De um lado, posicionada de maneira nem sempre estratégica, a saúde, caminhando por atalhos pouco seguros. Do outro, os hospitais, numa luta constante, e por vezes desleal com o sistema, para se manterem atualizados e atuantes. No meio, a população, convivendo com os erros e acertos das políticas públicas.


Neste cenário, que se desenha à época da colonização do Brasil, o foco estava centrado na Santa Casa de Misericórdia de Piracicaba, bem como nos homens e mulheres que fizeram dela uma referência regional de atenção à saúde. Os parâmetros revelam uma luta heróica que se arrasta até os dias atuais. Por isso, ninguém consegue imaginar a saúde em Piracicaba sem a Santa Casa, tal o espaço e a confiabilidade que a Instituição conquistou nestes 161 anos de trabalhos ininterruptos.


Você confere os detalhes na publicação em nosso livro, de autoria da jornalista Nilma de Oliveira Moratori, coordenadora do Departamento de Comunicação da Santa Casa de Piracicaba.