A Provedoria do major Fernando Ferraz D’Arruda

Major Fernando Ferraz D’ Arruda nasceu em Piracicaba em 1825 e morreu no dia 2 de novembro 1899, aos 74 anos de idade. Adquiriu a patente de major porque, na época, pessoas influentes recebiam o título como comenda. Não foi militar nem participou de confrontos, guerras ou conflitos. Em 1864, durante a gestão de Prudente de Moraes, foi eleito vereador.


O pai, Antônio Ferraz de Arruda, natural de Itu - SP, fundou a Fazenda Milhã, herdada pelo major anos mais tarde. A propriedade possuía 1.500 alqueires. Em 1908,  a fazenda foi reduzida por seu cunhado, João de Almeida Prado, que separou sua parte com mais de 300 alqueires, compreendendo cafezais. O major era casado com Rita de Almeida Prado, com quem teve cinco filhos.


De família ilustre, o ex-provedor da Santa Casa tinha como sobrinho Ricardo Ferraz de Arruda, eleito prefeito de Piracicaba. Em 1867, major Fernando Ferraz de Arruda realizou a primeira plantação regular de café extensa na Fazenda Milhã. O feito foi inédito também porque a plantação foi destinada à exportação.    [Mais informações]